Casa cheia para assistir à única corrida de toiros da Feira de Santo Isidro que contava com a presença de Enrique Ponce, máxima figura entre os matadores de toiros da atualidade. Duas lições magistrais de toureio profundo onde a técnica e o sentimento foram uma presença constante e o exigente publico de Madrid ficou rendido ao toureiro de Valência, que cortou uma orelha a cada toiro de Domingo Hernandez e abriu a Porta Grande de Las Ventas.

Ponce conserva a ilusão e a aficion intactas e toureia melhor do que nunca. Uma vez mais Enrique Ponce deslumbrou tudo e todos com a sua facilidade a tourear que somente as grandes figuras do toureio possuem. Correm rumores nos meandros da Festa, que Enrique Ponce poderá ser um dos toureiros eleitos para o cartel da corrida do 125º aniversário do Campo Pequeno. Oxalá seja verdade!

David Mora um toureiro que há uns anos foi muito acarinhado em Portugal (nomeadamente quando Ricardo Levesinho geria os destinos da Palha Blanco), cumpria a sua terceira atuação nesta feira. O toureiro de Móstoles esteve valente e procurou dar a lide adequada ao seu lote. No ultimo toiro que lidou sofreu uma forte voltareta a entrar a matar.

Varea que nesta tarde confirmava alternativa, mostrou sentido estético, irregularidade e problemas na hora de entrar a matar.

Os toiros de Domingo Hernández, tinham casta e som. O terceiro e o sexto foram excelentes.

Madrid, sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 23ª Corrida da Feira de Santo Isidro – Casa Cheia – Toiros de Domingo Hernández para Enrique Ponce – orelha e orelha, David Mora – ovação e silêncio e Varea ~ silencio e palmas.

Fique com o resumo desta corrida.

vídeo: Canal Toros

foto: Mundotoro