Um camião acelerou cerca das 21h30 (hora de Lisboa) de ontem (quinta-feira, 14 de Julho), sobre uma multidão em Nice, no sul de França, atropelando dezenas de pessoas. O último balanço do governo francês, ao início da manhã de sexta-feira, aponta para 84 mortos e 18 feridos em estado grave. Entre os mortos, contam-se várias crianças.

O veículo atropelou uma multidão ao longo de dois quilómetros, em plena celebração do dia nacional de França, (designado por dia da Bastilha), na avenida marginal da cidade de Nice. O condutor do camião, de 31 anos, era um tunisino residente em França, que foi morto pela polícia. As autoridades francesas encontram-se neste momento em busca de eventuais cúmplices, do autor do atentado.

Existem relatos de tiros disparados pelo condutor, enquanto levava o camião pela avenida principal de Nice. Embora sem confirmação oficial as últimas notícias, adiantam que o camião estava carregado de armas e granadas. As testemunhas presentes no local, dizem que o condutor conduziu aos zig-zags para atingir o maior número de pessoas.

Até ao momento, ninguém assumiu ainda a responsabilidade pelo ataque. No entanto, o Presidente francês François Hollande falou ao país de madrugada, denunciando um “ataque monstruoso”.

foto: Diário de Notícias