Morreu na tarde de sexta-feira, 9 de julho, o Eng. João Cortesão, uma figura incontornável da tauromaquia portuguesa.

Nasceu em São Martinho de Árvore em 1947, concelho de Coimbra. Estudou nessa cidade tendo vindo a acabar o curso em Santarém.

Foi um homem de causas e de valores. Na juventude esteve dedicado à organização de eventos relacionados com a vida académica. No desporto foi praticante de várias modalidades, servindo sempre que necessário como dirigente empenhado, mas foi no rugby (uma das suas grandes paixões a par da tauromaquia) que mais se dedicou, como jogador, treinador, diretor e responsável por uma seleção de juniores que participou num campeonato do mundo na África do Sul.

As causas sociais nunca lhe passaram ao lado e viveu a politica antes e depois do 25 de Abril de 1974, com entrega e generosidade, com elegância e inteligência, próprias de quem prefere a componente lúdica à dramática.

Na tauromaquia foi um homem multifacetado, foi forcado, cavaleiro amador, empresário, apoderado e critico taurino.

Senhor de um sentido de humor incrível, era impossível estar ao lado dele e não sorrir.

O Eng. João Cortesão era um homem com muitas vivencias, com muitas histórias e aventuras, era um apaixonado pela vida e acima de tudo, amigo do seu amigo.

Obrigado Eng. Cortesão que em paz descanse.

A equipa do Faenas TV envia os pêsames a toda a família e amigos, em especial aos filhos do Eng. João Cortesão.