O matador de toiros Rui Bento Vasques comemora hoje o seu 51º aniversario.

O actual gestor taurino do Campo Pequeno, nasceu em Preces, no Carregado (Alenquer) a 10 de Abril de 1965 e desde muito cedo começou a frequentar as corridas de toiros, sendo levado pelo seu irmão mais velho.

Durante os estudos realizados em Vila Franca de Xira, foi colega do cavaleiro tauromáquico António Ribeiro Telles, ao mesmo tempo que a sua aficion crescia de dia para dia. Durante a sua juventude frequentou vários tentaderos no concelho de Alenquer.

Em Maio de 1982,  participa no concurso “À procura de novos toureiros”, realizado no Campo Pequeno e organizado pelo Dr. Manuel Jorge dos Santos e pelo magazine taurino transmitido à época na RTP “Sombra-Sol”.  O toureiro de Alenquer, saiu vencedor compartindo o 1º lugar com José Luís Gonçalves, com quem viria a fazer as cortesias em diversas ocasiões longo da sua carreira (como pode ver no vídeo, no fim deste artigo).

Sob orientação do Maestro Mário Coelho, presta provas públicas vestindo pela primeira vez um traje de luces a 30 de Junho de 82, lidando um novilho da ganadaria de Pontes Dias. Rui Bento triunfou, deixou ambiente e começou a sua caminhada em Espanha, mais concretamente em Salamanca sendo auxiliado entre outros, pelo industrial António José Viçoso (mais tarde sogro de Rui Bento).

O gestor do Campo Pequeno, debutou com picadores a 9 de Setembro de 1984 em Laguna del Duero, cortando 4 orelhas e saindo em ombros. A partir desta data, Bento toureia em diversas ocasiões tanto em Portugal, como em Espanha, como em França enfrentado diversas novilhadas onde lidava ganadarias duras, em “pueblos” que não possuíam as condições para a prática do toureio. A sua aprendizagem como novilheiro foi feita à base de sangue, suor e lágrimas, mas Rui Bento nunca desistiu e consegue fazer a sua apresentação na Praça de toiros de Las Ventas, em Madrid, na tarde de 27 de Abril de 1986, sendo repetido mais durui bento de luces - foto dras vezes nessa temporada “sempre com agrado geral”, como escreveu o critico taurino Joaquim Tapada, no livro “Matadores de Toiros Portugueses”.

Em 1987, Rui Bento toureia em algumas das praças de toiros mais importantes da península ibérica, como por exemplo Madrid, Bilbau, Valência ou Saragoça onde alcançou um grande triunfo a 7 de Outubro, cortando 2 orelhas a novilhos da ganadaria Javier Molina e saindo em ombros pela porta grande da monumental de “La Misericórdia”.

Na temporada seguinte, Rui Bento recebe a tão sonhada alternativa de Matador de Toiros, na praça de Badajoz , a 27 de Junho de 1988, tendo como padrinho o saudoso José Maria Manzanares e sendo Paco Ojeda a testemunha, numa tarde em que se lidaram toiros da ganadaria Marquez de Albayda.

A 24 de Julho de 1989, sofre uma gravíssima colhida (que lhe afectou o nervo ciático) na praça de toiros francesa de Orthez. Esta cornada obrigou Rui Bento a ser sujeito a diversas intervenções cirúrgicas e a uma recuperação lenta, mas nem isso o fez desistir de tourear!  A 14 de Julho de 1991 confirma a alternativa na Monumental de Madrid, compartindo cartel com Luís Miguel Campeno e António Mondejar, na lide de toiros da ganadaria Cura Valverde.

A carreira do 24º matador de toiros português, foi feita de sacrifício e de muito querer, toureando em arenas de grande importância tanto em Portugal, como em Espanha. A 21 de Setembro de 2000, Rui Bento decide cortar a coleta, na cidade espanhola que o adoptou, Salamanca. Desta forma fez o seu último “paseillo”, na companhia do rejoneador Pablo Hermoso de Mendoza dos matadores de toiros Domingo Lopez Chaves e Alvaro de la Calle.

A partir dessa data, Rui Bento dedicou-se ao apoderamento de diversos toureiros e como prova do bom trabalho desenvolvido, venceu em 2003 o prémio para melhor apoderado do ano, outorgado pela conceituada revista taurina espanhola, 6toros6.

Nos últimos anos apoderou diversos toureiros como por exemplo: Nuno Velasquez, Juan Diego, António Barrera, Eduardo Gallo, António Ferrera, João Maria Branco e actualmente Juan del Álamo e João Moura Jr.

Desde 2006, ano da reabertura do Campo Pequeno, Rui Bento exerce as funções de gestor taurino da primeira praça do país.

No dia em que comemora 51 anos, a equipa do Faenas TV deseja-lhe um feliz aniversário e uma temporada repleta de triunfos!

Para os aficionados que não viram Rui Bento tourear de luces, o Faenas TV publica um vídeo da autoria de Francisco Rocha, de uma corrida de toiros mista, realizada a 25 de maio de 1995, na Chamusca.

Notas:

1 – Este texto foi escrito mediante consulta ao livro “Matadores de Toiros Portugueses”, da autoria de Joaquim Tapada.

2 – Foto: DR.