A partir de Outubro, as motos vão passar a ter inspecção obrigatória e deverá custar 12,50 euros mais IVA, segundo fonte do ministério do Planeamento e das Infraestruturas.

Para já, a inspecção é só para veículos de duas rodas com cilindrada superior a 250 centímetros cúbicos, mas a associação de centros de inspecção quer estender esta mediada a todos os motociclos, incluindo as cilindradas de 50 cm3 e 125 cm3.

A par disso, existem conversações com o Governo para estender as inspecções a todos os veículos de duas e três rodas, incluindo tractores e máquinas industriais.

foto: Yamaha