O projeto “Tauromaquia, Património Cultural de Portugal” foi um dos vencedores do Orçamento Participativo de Portugal, iniciativa lançada pelo Governo e em que estiveram a concurso 601 projetos. O principal objetivo, é inserir a cultura tauromáquica na lista de Património Cultural Imaterial de Portugal, ao abrigo da Convenção da UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial. A realização deste trabalho conta com um financiamento de 200 mil euros.

Este projeto foi proposto por representantes da Associação Nacional de Tertúlias Tauromáquicas, contando com o apoio da Prótoiro, que lançou o apelo aos aficionados para a votação neste projecto.

O resultado histórico alcançado nesta votação, revela não só a capacidade de mobilização dos aficionados como também a força e implantação da tauromaquia na cultura portuguesa.

fonte: Protoiro