Milhares de táxis vão “parar” Lisboa na próxima sexta-feira dia 29 de Março.

A manifestação, vai ser um protesto contra a situação da plataforma Uber (um serviço de transporte de passageiros em viaturas ligeiras que é concorrente aos táxis) em Portugal, que segundo a Federação Portuguesa de Táxis, é ilegal. Para Florêncio Almeida, a marcha lenta “não é contra a Uber, mas sim contra o modo como está no mercado” afirmou o presidente da Antral em declarações à Agência Lusa.

A manifestação vai começar na rotunda do Campus da Justiça, e vai atravessar Lisboa até chegar ao Parlamento, onde os taxistas esperam ser possam ser recebidos por um representante do Governo. O Ministério do Ambiente, que tem a tutela dos transportes, anunciou recentemente, que vai criar um grupo de trabalho para avaliar se será necessário ajustar a legislação vigente a plataformas como a Uber.

Foto: DR.